Notícias

  • Estudo recente sobre a atividade em Montes Claros - MG.

    Leia mais...  
  • Estudo dos Tremores de Terra em Montes Claros, MG.

    Leia mais...  
  • Terremoto em Suncho Corral, Argentina, é sentido no Brasil

    Leia mais...  
  •  

     

Os grandes personagens da Sismologia

Imprimir

Chang Heng

Construiu no ano 132, de nossa era, o sismoscópio, reconhecido como o primeiro aparelho para detectar terremotos.

John Milne (1850 - 1913)

Britânico, viveu grande parte de sua vida no Japão. É considerado o pai da moderna sismologia.

Giuseppe MercalliSismólogo

Italiano, construiu sua primeira escala de intensidades em 1902. Posteriormente ela foi aperfeiçoada, passou a conter 12 graus de intensidade, e recebeu a denominação de Escala Mercalli Modificada de 1931.

Boris Borisovich Golitzin (1862 - 1916)

Projetou e construiu, em 1906, o primeiro sismógrafo eletromagnético com gravação fotográfica. Era um príncipe da família real dos czares.


Andrija Mohorovicic (1857 - 1936)

Croata, professor na Universidade de Zágreb, descobriu (1909) a descontinuidade entre a crosta e o manto que leva o seu nome.

Beno Gutenberg ( 1889 - 1960)

Notável sismólogo alemão. Criou diversos modelos matemáticos para a Terra baseado no estudo de ondas sísmicas. Descobriu, em 19l4, a descontinuidade Manto-Núcleo, que leva seu nome.
Charles Richter (1900 - 1985)

Em 1935, estudando os sismos do sul da Califórnia, introduziu o conceito de magnitude após observar que terremotos, não importando a que distância ocorriam da estação, mostravam uma variação constante em termos da máxima amplitude registrada nos sismogramas. Para tornar funcional sua escala, Richter empregou o conceito de logaritmo e buscou o termo "magnitude" da astronomia.

A escala de magnitude pode ser calculada diretamente dos sismogramas e oferece uma descrição quantitativa do tamanho do terremoto. Ela não tem limites mas, na pratica, os maiores terremotos aproximam-se de grau 9.0. "Esta é uma limitação da Terra e não da escala", disse Richter.

Hugo Benioff (1894 - 1968)

Projetou e construiu, em 1936, o primeiro strainmeter, instrumento para medir deformações (contração ou dilatação) da crosta terrestre.

Sir Harold Jeffreys (1891 - 1989)

Criador de avançados métodos matemáticos para estudar problemas geodinâmicos. Cam K. Bullen desenvolveu, em 1939, a tabela Tempo x Distância ainda utilizada. É dele a frase: “Se a geofísica necessita usar a matemática para o seu tratamento, é a Terra a responsável por isso, não o geofisico”.
Ingle Lehmann (1888 - 1993)

Sismóloga dinamarquesa descobriu, em 1936, a existência do Núcleo Interno da Terra. Ela inferiu que dentro do núcleo existiria uma geosfera mais central - o Núcleo Interno - onde a velocidade das ondas PKP é mais rápida do que em sua parte externa. O Núcleo Interno possui um raio de 1.216 km.
Kiyoo Wadati (sem foto)

Sismólogo japonês demonstrou, em 1928, a existência de terremotos com focos profundos no Japão. Concomitantemente com H. Benioff, definiu a distribuição dos focos sísmicos com a profundidade, possibilitando a criação do termo Zona de subducção ou Zona de Benioff/Wadati.

pelicula1