Notícias

  • Estudo recente sobre a atividade em Montes Claros - MG.

    Leia mais...  
  • Estudo dos Tremores de Terra em Montes Claros, MG.

    Leia mais...  
  • Terremoto em Suncho Corral, Argentina, é sentido no Brasil

    Leia mais...  
  •  

     

Definição e história

Imprimir

A Sismologia é o ramo da Geofísica que estuda os tremores de terra e a estrutura interna da Terra, usando as ondas sísmicas geradas por terremotos (fontes naturais) e por explosões (fontes artificiais).

Sismologia
Através dos tempos, diversos povos lançaram mão de lendas para explicar os violentos terremotos que periodicamente assolavam as regiões onde viviam.

A mitologia hindu imaginava a Terra sustentada por oitos poderosos elefantes e explicava os abalos sísmicos como sendo conseqüência do movimento que eles produziam. Os antigos japoneses acreditavam que os terremotos eram causados pelo Namazu, peixe mítico gigantesco que vivia no lodo, abaixo da superfície terrestre.

Relatos bíblicos como a caída das Muralhas de Jericó, cerca de 1100 A.C, ou a destruição das cidades de Sodoma e Gomorra, na verdade, poderiam estar associados à ocorrência de terremotos naqueles locais.


Os chineses tiveram um papel importante na historia da sismologia: foram os primeiros a elaborarem um catálogo sísmico e a construírem um aparelho para detectar terremotos. A descrição dos mais importantes terremotos ocorridos na China datam de 3000 anos atrás, e o professor Cheng Heng (Personagens Históricos) construiu seu sismocópio no ano de 132 da nossa era.


Sismoscópio Fonte: V.E.Wielandt Aus den „Wechselwirkungen“ 1996 (Jahrbuch aus Lehre und Forschung der Universität Stuttgart) (ftp.geophys.uni-stuttgart.de/pub/ew/ms-word/seismographen.doc)

No final do século XIX, começaram a surgir sismógrafos com maior nível de sensibilidade e confiabilidade possibilitando a implantação de vários observatórios pelo mundo. Foi em 18/04/1889, que pela primeira vez se registrou um terremoto distante, ele ocorreu no Japão e foi registrado pelo Observatório de Postdam, na Alemanha.

Os anos 60 marcaram uma nova fase de grande progresso na Sismologia, com a implantação, pelos Estados Unidos, de uma grande rede sismográfica mundial denominada World-Wide Standardized Network (WWSSN). No início da década seguinte já existia 120 destas estações distribuídas por 60 países. Em Brasília foi instalada a estação de número 61, em 1972. O WWSSN apesar de ter sido implantada para atender, em parte, propósitos militares (detecção de explosões nucleares realizadas pela antiga União Soviética) trouxe notáveis avanços a Geociências, notadamente à Sismologia. Essa rede de sismógrafos padronizadas, com ampla distribuição geográfica e alta detectabilidade, possibilitou determinações mais precisas de parâmetros sísmicos,base fundamental para o estabelecimento da Teoria da Tectônica de Placas.

pelicula1